Rumo aos 7 cumes com o barbudão Gustavo Ziller - Sobrebarba

Rumo aos 7 cumes com o barbudão Gustavo Ziller

por Samuel Tonin Julho 08, 2017

“Em 2012 quase tive um piripaque em plena Av. Cidade Jardim em São Paulo. Do susto veio a vontade de renascer como homem, pai e profissional. Naquele mesmo ano comecei a me preparar para um trekking ao Campo Base do Annapurna, no Nepal. Esse ritual de passagem rendeu um livro – que será lançado esse ano – e uma inquietação constante, que me ronda desde então.”

Assim começa a aventura do Gustavo Ziller, um cara como a gente, com filhos, sonhos, uma empresa e contas para pagar. Ele também é uma prova de como pessoas comuns são capazes de realizações grandiosas.

Depois que voltou do Nepal, o cara mudou de cidade, de ritmo, deixou a barba crescer, decidiu se tornar um montanhista, e começou a montar o projeto ‘7 Cumes’. Seu objetivo: escalar as montanhas mais altas de cada continente na primeira tentativa.

“Nos dois últimos anos minha vida mudou, rodou e depois passou por uma montanha-russa sem freio. Isso tudo porque pensei alto, fui lá longe onde nunca tinha ido pra entender o que poderia atingir como homem, pai e amigo.”



Dessa aventura vai nascer um programa no Canal Off. O primeiro desafio foi o Monte Aconcágua, o ponto mais alto das Américas com 6.962 metros, atrás apenas da Cordilheira do Himalaia.

Gustavo Ziller no cume do Aconcágua (6.962 m). Foto: Gabriel Tarso

Logo depois vieram o Kilimanjaro, na Tanzânia, África, com 5895 metros e o Monte Elbrus, na Rússia, com 5642 metros de altitude. Dessa aventura no Kilimanjaro nasceu um livro que, com muito orgulho, ajudamos a transformar em realidade.

E agora o Ziller acaba de vencer o Monte Denali, também conhecido pelo seu nome oficial antigo Monte McKinley.

É a montanha mais alta na América do Norte, com um cume que chega a 6.190 metros acima do nível do mar.

Assim que ele trouxer essa barba branca de volta, o Ziller vai contar mais sobre a aventura aqui pra gente.

As histórias do '7 Cumes' também estão sendo narradas pelo próprio Ziller no portal Extremos. Vale a pena ler! Mas já aviso: são altas doses de emoção, camarada. Tudo isso acompanhado destas fotos embasbacantes do Gabriel Tarso.



Assim que começou o projeto (que foi bem ali quando lançamos a Sobrebarba) o Ziller fez uma playlist pra gente, contando como a música é importante pra ditar o ritmo na montanha.

“Viagem de Montanha, onde a vida é gelada e a solidão, amiga. São músicas que aquecem a alma, com letras intensas. Na montanha o dia é lento, gelado e muitas vezes solitário. Se deslocar nesse cenário com agitação te joga pra cima do caminho, mas quando você precisa conversar com você mesmo, a trilha sonora precisa te convidar pra isso. Essa pegada que dei na ordem das canções e letras.”



É isso, amigo. Respira fundo esse ar rarefeito e aperta o play:

[ Assine e ouça a Mixtape também no Spotify ]





Samuel Tonin
Samuel Tonin

Autor

Barbudo desde 2012 e um dos fundadores da Sobrebarba.



Leia também

Qual o melhor jeito de usar um Óleo de Barba?
Qual o melhor jeito de usar um Óleo de Barba?

por Samuel Tonin Setembro 24, 2017 0 Comentários

Muita gente me pergunta se o óleo de barba serve SÓ pra quem tem barba longa.

A real é que não. O que acontece é que barbas mais longas tendem a ficar mais ressecadas porque os pelos vão se distanciando da hidratação natural da pele.

Mas mesmo quem tem uma barba mais curta pode aproveitar os benefícios de um bom óleo de barba sem deixar a pele engordurada. O lance é você descobrir qual a quantidade certa de óleo para a SUA barba e seguir algumas dicas de aplicação.

Ver artigo completo →

As barbas mais surreais do mundo no World Beard and Mustache Championships
As barbas mais surreais do mundo no World Beard and Mustache Championships

por Samuel Tonin Setembro 05, 2017 0 Comentários

De dois em dois anos, barbudos e entusiastas se reúnem no World Beard and Mustache Championships pra celebrar seus pêlos e ver aqueles mais dedicados desfilarem suas criações em formato de barba, competindo em inúmeras categorias, como bigode, barba parcial e barba completa.

A edição deste ano rolou no último fim de semana em Austin, no Texas, coincidindo com o Dia Mundial da Barba que acontece todo primeiro sábado de Setembro.

Ver artigo completo →

O barbudo que manja tudo de arte contemporânea, botânica e Inhotim
O barbudo que manja tudo de arte contemporânea, botânica e Inhotim

por Samuel Tonin Setembro 03, 2017 0 Comentários

Se tem alguém em Inhotim que pode dizer “quando eu cheguei isso aqui era tudo mato”, esse alguém é o Junio, guia especializado no maior museu a céu aberto da América Latina (e um dos maiores do mundo), localizado em Brumadinho, a cerca de uma hora de Belo Horizonte.

Dos quase 25 anos de Junio, 17 foram passados no bairro onde hoje fica o Instituto Inhotim, aberto ao público em 2006. É dele a Mixtape desta semana!

Ver artigo completo →