Rumo aos 7 cumes com o barbudão Gustavo Ziller - Sobrebarba

Rumo aos 7 cumes com o barbudão Gustavo Ziller

por Samuel Tonin Julho 08, 2017

“Em 2012 quase tive um piripaque em plena Av. Cidade Jardim em São Paulo. Do susto veio a vontade de renascer como homem, pai e profissional. Naquele mesmo ano comecei a me preparar para um trekking ao Campo Base do Annapurna, no Nepal. Esse ritual de passagem rendeu um livro – que será lançado esse ano – e uma inquietação constante, que me ronda desde então.”

Assim começa a aventura do Gustavo Ziller, um cara como a gente, com filhos, sonhos, uma empresa e contas para pagar. Ele também é uma prova de como pessoas comuns são capazes de realizações grandiosas.

Depois que voltou do Nepal, o cara mudou de cidade, de ritmo, deixou a barba crescer, decidiu se tornar um montanhista, e começou a montar o projeto ‘7 Cumes’. Seu objetivo: escalar as montanhas mais altas de cada continente na primeira tentativa.

“Nos dois últimos anos minha vida mudou, rodou e depois passou por uma montanha-russa sem freio. Isso tudo porque pensei alto, fui lá longe onde nunca tinha ido pra entender o que poderia atingir como homem, pai e amigo.”



Dessa aventura vai nascer um programa no Canal Off. O primeiro desafio foi o Monte Aconcágua, o ponto mais alto das Américas com 6.962 metros, atrás apenas da Cordilheira do Himalaia.

Gustavo Ziller no cume do Aconcágua (6.962 m). Foto: Gabriel Tarso

Logo depois vieram o Kilimanjaro, na Tanzânia, África, com 5895 metros e o Monte Elbrus, na Rússia, com 5642 metros de altitude. Dessa aventura no Kilimanjaro nasceu um livro que, com muito orgulho, ajudamos a transformar em realidade.

E agora o Ziller acaba de vencer o Monte Denali, também conhecido pelo seu nome oficial antigo Monte McKinley.

É a montanha mais alta na América do Norte, com um cume que chega a 6.190 metros acima do nível do mar.

Assim que ele trouxer essa barba branca de volta, o Ziller vai contar mais sobre a aventura aqui pra gente.

As histórias do '7 Cumes' também estão sendo narradas pelo próprio Ziller no portal Extremos. Vale a pena ler! Mas já aviso: são altas doses de emoção, camarada. Tudo isso acompanhado destas fotos embasbacantes do Gabriel Tarso.



Assim que começou o projeto (que foi bem ali quando lançamos a Sobrebarba) o Ziller fez uma playlist pra gente, contando como a música é importante pra ditar o ritmo na montanha.

“Viagem de Montanha, onde a vida é gelada e a solidão, amiga. São músicas que aquecem a alma, com letras intensas. Na montanha o dia é lento, gelado e muitas vezes solitário. Se deslocar nesse cenário com agitação te joga pra cima do caminho, mas quando você precisa conversar com você mesmo, a trilha sonora precisa te convidar pra isso. Essa pegada que dei na ordem das canções e letras.”



É isso, amigo. Respira fundo esse ar rarefeito e aperta o play:

[ Assine e ouça a Mixtape também no Spotify ]





Samuel Tonin
Samuel Tonin

^

Publicitário, ciclista, gamer e aspirante a baixista nas horas vagas. Fundador da Sobrebarba.



Leia também

Um estudo mediu o quanto a barba realmente protege do sol
Um estudo mediu o quanto a barba realmente protege do sol

por Samuel Tonin Novembro 15, 2017 0 Comentários

Que a barba pode proteger o rosto contra os raios solares, isso muita gente já sabe. Há até quem diga que a barba é um protetor solar natural. Mas qual é esse fator de proteção? O quanto realmente a barba protege dos raios UV?

Pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, bolaram um jeito de medir isso.

Ver artigo completo →

O hacker barbudo que inspirou Steve Jobs a fundar a Apple
O hacker barbudo que inspirou Steve Jobs a fundar a Apple

por Flavia Martin Novembro 10, 2017 0 Comentários

John Draper, também conhecido como "Captain Crunch", é um dos mais importantes hackers do mundo e está no Brasil para participar do Roadsec, festival sobre a cultura hacker que acontece neste sábado, dia 11, em São Paulo.

E ele trocou uma idéia com a gente sobre hacking, privacidade nas redes sociais, ética, inteligência artificial e, claro, sobre barba. ;D}}

Ver artigo completo →

Como deixar a barba macia, saudável e livre de preconceitos
Como deixar a barba macia, saudável e livre de preconceitos

por Samuel Tonin Novembro 07, 2017 0 Comentários

Quando começamos a cultivar uma barba é bem comum ser pressionado por amigos, parentes ou colegas de trabalho pra raspar esses pelos da cara, como se deixar a barba crescer fosse sinônimo de falta de cuidado. O estereótipo do barbudo sujo e desleixado tem a sua razão de existir. Se você simplesmente deixar a barba crescer, sem os cuidados certos, ela pode ficar ressecada, e sem forma.

Ver artigo completo →