Rumo aos 7 cumes com o barbudão Gustavo Ziller - Sobrebarba

Rumo aos 7 cumes com o barbudão Gustavo Ziller

por Samuel Tonin Julho 08, 2017

“Em 2012 quase tive um piripaque em plena Av. Cidade Jardim em São Paulo. Do susto veio a vontade de renascer como homem, pai e profissional. Naquele mesmo ano comecei a me preparar para um trekking ao Campo Base do Annapurna, no Nepal. Esse ritual de passagem rendeu um livro – que será lançado esse ano – e uma inquietação constante, que me ronda desde então.”

Assim começa a aventura do Gustavo Ziller, um cara como a gente, com filhos, sonhos, uma empresa e contas para pagar. Ele também é uma prova de como pessoas comuns são capazes de realizações grandiosas.

Depois que voltou do Nepal, o cara mudou de cidade, de ritmo, deixou a barba crescer, decidiu se tornar um montanhista, e começou a montar o projeto ‘7 Cumes’. Seu objetivo: escalar as montanhas mais altas de cada continente na primeira tentativa.

“Nos dois últimos anos minha vida mudou, rodou e depois passou por uma montanha-russa sem freio. Isso tudo porque pensei alto, fui lá longe onde nunca tinha ido pra entender o que poderia atingir como homem, pai e amigo.”



Dessa aventura vai nascer um programa no Canal Off. O primeiro desafio foi o Monte Aconcágua, o ponto mais alto das Américas com 6.962 metros, atrás apenas da Cordilheira do Himalaia.

Gustavo Ziller no cume do Aconcágua (6.962 m). Foto: Gabriel Tarso

Logo depois vieram o Kilimanjaro, na Tanzânia, África, com 5895 metros e o Monte Elbrus, na Rússia, com 5642 metros de altitude. Dessa aventura no Kilimanjaro nasceu um livro que, com muito orgulho, ajudamos a transformar em realidade.

E agora o Ziller acaba de vencer o Monte Denali, também conhecido pelo seu nome oficial antigo Monte McKinley.

É a montanha mais alta na América do Norte, com um cume que chega a 6.190 metros acima do nível do mar.

Assim que ele trouxer essa barba branca de volta, o Ziller vai contar mais sobre a aventura aqui pra gente.

As histórias do '7 Cumes' também estão sendo narradas pelo próprio Ziller no portal Extremos. Vale a pena ler! Mas já aviso: são altas doses de emoção, camarada. Tudo isso acompanhado destas fotos embasbacantes do Gabriel Tarso.



Assim que começou o projeto (que foi bem ali quando lançamos a Sobrebarba) o Ziller fez uma playlist pra gente, contando como a música é importante pra ditar o ritmo na montanha.

“Viagem de Montanha, onde a vida é gelada e a solidão, amiga. São músicas que aquecem a alma, com letras intensas. Na montanha o dia é lento, gelado e muitas vezes solitário. Se deslocar nesse cenário com agitação te joga pra cima do caminho, mas quando você precisa conversar com você mesmo, a trilha sonora precisa te convidar pra isso. Essa pegada que dei na ordem das canções e letras.”



É isso, amigo. Respira fundo esse ar rarefeito e aperta o play:

[ Assine e ouça a Mixtape também no Spotify ]





Samuel Tonin
Samuel Tonin

^

Publicitário, ciclista, gamer e aspirante a baixista nas horas vagas. Fundador da Sobrebarba.



Leia também

Como aplicar (e tirar!) Glitter da barba neste Carnaval
Como aplicar (e tirar!) Glitter da barba neste Carnaval

por Samuel Tonin Fevereiro 07, 2018 0 Comentários

Carnaval chegou! Bora botar essa barba pra brilhar ainda mais nos blocos!

OK, tá cheio de tutorial bacana de como aplicar e tirar Glitter da barba aí na internet. Mas não tinha como deixar de fazer um aqui usando produtos Sobrebarba. Afinal, sua barba pode ficar brilhando E TAMBÉM hidratada e cheirosa. Por que não? ;D}}

Ver artigo completo →

Como aparar a barba em casa
Como aparar a barba em casa

por Samuel Tonin Fevereiro 05, 2018 0 Comentários

Mesmo que o seu objetivo seja deixar a barba crescer, em algum momento ela vai precisar de uma aparada.

O melhor jeito de ficar com um visual mais alinhado é aparando aqueles fios que crescem mais rápido que os outros. E tem algumas maneiras diferentes de fazer. Aqui tem algumas delas.

Ver artigo completo →

Uma Barbearia no Mundo Invertido
Uma Barbearia no Mundo Invertido

por Franklin Costa Janeiro 31, 2018 0 Comentários

Uma das coisas mais curiosas em viajar para a Ásia é que você passa a ser visto como alguém "do mundo invertido”. Especialmente se tem barba. Afinal, os nativos não costumam ter lá um barbão. Mas então... como é que se encontra um bom barbeiro?

Se liga nessa barbearia escondida em Bangkok. Estar nela foi como viajar no tempo, quando homens usavam chapéus e os filmes eram em preto e branco.

Ver artigo completo →

x

Welcome to the Loyalty Points Demo Store :-)

Sign up and receive 5000 pts to test out in our Store.

Earning and redeeming Pontos

$1
Earns you
5
$1
Redeems to
50

Ways you can earn

  • Product Purchase
  • Refer a friend
  • Share on social media

Learn more about our program